luiz-albertoEntrevista com Luiz Alberto de Farias, PhD em Comunicação e presidente da Associação Brasileira de Relações Públicas

Quando o assunto é sucesso profissional e reconhecimento público, pensamos em estudar em uma boa faculdade, procurar uma boa escola para especialização e acumular vasta experiência profissional. No entanto, após anos de dedicação à empresa e esforço pessoal, algumas pessoas veem a promoção e o reconhecimento escaparem de suas mãos. Essa situação provoca frustração, desânimo e pode levar à baixa autoestima. Mas porque algumas pessoas parecem nascer para o sucesso enquanto outras nunca têm seus esforços reconhecidos? A resposta pode estar na forma como nos comunicamos no ambiente de trabalho. Luiz Alberto de Farias, professor da USP e da Cásper Líbero, PhD em Comunicação e presidente da Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP), explica, em entrevista exclusiva ao ProfessorNews, como a comunicação é fundamental para a vida profissional e pessoal.

Add a comment

Em entrevista exclusiva para o ProfessorNews, o presidente da Biblioteca Nacional fala sobre a importância da leitura.

ProfessorNews - Qual a participação da Biblioteca Nacional no Sistema Educacional Brasileiro? Existe algum programa de visitação, consulta ou doação de livros, por exemplo?
Galeno Amorim - A Fundação Biblioteca Nacional envia regularmente para bibliotecas públicas obras com o objetivo de constituir e atualizar os acervos. Nos últimos oito anos, o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP), da FBN, distribuiu cerca de 4,5 milhões de livros para bibliotecas públicas do país. Este é um exemplo de como a FBN está presente no sistema de ensino. Muitas destas bibliotecas são universitárias, que recebem obras escolhidas por especialistas em diversas áreas de conhecimento, publicações da própria Biblioteca Nacional ou obras publicadas com apoio da Lei Rouanet. Por outro lado, o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (PROLER) está em interface direta com o Sistema Educacional Brasileiro. Implementa ações  que formam mediadores de leitura e cursos junto a professores que resultam em projetos nas salas de aula, promoção de incentivo à leitura em presídios, centros culturais e tantos outros espaços. Não podemos esquecer, ainda, do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), que desde 1997 incentiva a formação do hábito da leitura nos alunos e professores por meio da distribuição de acervos de obras de literatura, pesquisa e de referência.
Add a comment
A cadeia de desastres que atingiu o Japão no dia 11 de março causou mortes e sofrimento. O número de desaparecidos ainda está na casa dos cinco dígitos e os problemas com a infraestrutura danificada pelo terremoto seguido de um tsunami agrava a situação. Porém, o mais importante é sabermos que lições podemos aprender com essa situação. O Professor de Economia Silvio Miyazaki, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, afirma que, em termos de ensino, a catástrofe natural e a crise nuclear devem ser analisadas de forma interdisciplinar.
Add a comment