“É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais”. Coelho Neto

A edição do Canto da Chuva desta semana mostra a estória de uma professora que precisa falar de educação sexual para uma turma de pré-adolescentes, mas na turma há um aluno que é filho de seu namorado; o drama de um homem fará de tudo para conquistar a mulher amada; dica de um livro sobre Contabilidade; uma canção de Rick Wakeman, que fala da lenda do Rei Artur e os Cavaleiros da Távola Redonda; e uma piada para descontrair o seu dia.

CLAQUETE: Sexo con Amor (Sexo con Amor – Chile, 2003)

Luisa (Sigrid Alegría) é uma professora que passa por uma situação um pouco complicada: falar de sexo para uma turma de pré-adolescentes. Para fazer isso, a mestra terá que abordar o assunto com seus colegas de docência e pais dos alunos, sobre a educação sexual dos filhos. Luisa vive um intenso relacionamento com Jorge, e sua vida sexual está longe de ser uma ‘rotina’. No entanto, o tema passa a ser mais desafiadora do que ela imagina, pois Jorge é pai de um de seus alunos. Ao explanar “educação sexual” em sala, Luisa percebe que terá que mudar sua concepção sobre o tema, ao descobrir que os pais de seus alunos têm tantas dúvidas quanto ela própria. Sexo con Amor tem roteiro e direção assinados por Boris Quercia.

EM CARTAZ: A Dama de Honra (La Demoiselle D'Honneur – França, Alemanha, Itália, 2004)

Drama que conta a estória de Philippe Tardieu, (Benoît Magimel), um homem que vive com a mãe e as duas irmãs, e que acabara de conseguir um emprego no ramo imobiliário. Durante o casamento de uma de suas irmãs, Philippe conhece uma das damas de honra, Stéphanie ‘Senta’ Bellange (Laura Smet), e apaixona-se perdidamente. Como uma donzela que pede ao cavaleiro a morte de um dragão para provar seus sentimentos, Senta faz uma perigosa proposta para dar seu amor a Philippe, que não pensa duas vezes antes de aceitá-la. A Dama de Honra tem roteiro de Patrick Godeau e direção de Claude Chabrol Veja onde o filme está passando na sua região, no site Guia da Semana.

PAPIRO: Contabilidade Básica (Paulo Viceconti, Silvério das Neves – Editora Saraiva, 2012, 664p.). A obra apresenta uma abordagem introdutória da Contabilidade, sem perder de vista o rigor técnico e a aplicação dos conceitos apresentados, além de estar atualizada com as modificações ocorridas nas Normas Brasileiras de Contabilidade.

UM MOMENTO DE CULTURA: Arthur

"Whoso put out this sword from the stone of anvil. Is the true born king of all Britain!"

 

Upon a new dear´s day

A host of knights did pray

That fron the anvil one could draw the sword

 

As each knight took his turn

they fould the anvil,held it firm;

None worthy of a future King and Lord

 

Sir Kay the bravest knight

Appeared to try his might

He dreamed of being King, as all the rest

To Arthur Sir Kay called to search

And bring for him a sword

In earnest Arthur set about his quest

 

A thurchyard in the wood

The sword and anvil stood

And Arthur drew the sword out of the stone

The anvil now defeated

His quest for the sword completed

A sword that was to place him on the throne

A sword that was to place him on the throne

 

Sir Hector and Sir Kay saw the sword

And knelt to pray

Then gently took it from young Arthur´s hand

They marvelled at his quest

Proclaiming to the rest

Arthur is the King of all this land

Arthur the king of all this land

Canção do compositor inglês e um dos maiores tecladistas do mundo: Rick Wakeman. Arthur é a primeira música do disco The Myths and Legends of King Arthur and the Knights of the Round Table, de 1975. Wakeman conta de forma espetacular um pouco da lenda do Rei Artur. O disco de vinil é apenas um, mas possui capa dupla, que, ao abrir, é possível ver uma cena de batalha numa justa entre dois cavaleiros. Além das letras, o encarte é ricamente desenhado pelo gênio Bob Fowke, que ilustrou com muitos detalhes as cenas de Arthur arrancando Excalibur da bigorna, depois entregando-a a Dama do Lago. Também há cenas do mago Merlin, da princesa Guinevere, da luta de sir Lancelot contra o Cavaleiro Negro, da invasão da Bretanha pelos saxões e finalmente, a Última Batalha, quando Artur derrota sir Galahad. Para ver as ilustrações, acesse o site New Acid. A dica é acompanhar a letra enquanto escuta a música Arthur.

PIADAS E ANEDOTAS:

Na prova de História, a professora avisa:

- Se eu pegar alguém filando do outro é ZERO na hora, sem perdão...

No exame estava a seguinte questão:

- O que disse Júlio César ao ser apunhalado no Senado?

- Rápido, Pedrinho, me diz o que Júlio César falou antes de morrer? Indagou Juquinha, ao que seu colega respondeu.

- Ele disse “Até tu, Brutus”? Mas escreve diferente, para a professora não desconfiar.

Quando a mestra foi corrigir a prova de Juquinha, estava escrito: “Até tu, Popeye”?