Não se deixe levar pelo nome tímido do restaurante

Por Fernando Alves

Campos do Jordão oferece atividades culturais durante praticamente o ano todo, e não apenas no inverno, estação em que acontece o mundialmente reconhecido Festival de Inverno de Campos do Jordão, de música erudita.

feliciaCom a chegada do outono que se avizinha, aproveite para visitar o Museu de Esculturas de Felícia Leirner, ali do lado do Auditório Cláudio Santoro, principal palco do referido festival. Esculturas antropomórficas, zoomórficas e abstratas permitem boas reflexões em meio à vegetação típica da serra. Se der sorte, verá um gavião à espreita, pousado em alguma estátua!

O restaurante Só Queijo (http://www.soqueijo.com.br/) poderia ter um nome francês ou alemão, como tantos outros na cidade, mas sustenta propositadamente o nome bem português, a diferenciá-lo. Mas não se engane: a humildade do nome, que homenageia a sua deveras deliciosa fondue de queijo, nada tem que ver com o extraordinário cardápio da casa ou com sua farta adega.

so queijoA casa foi-me apresentada pela querida amiga Renata de Iudícibus no início dos anos 1990 e, desde então, estando em Campos, não mais deixei de frequentá-la. Recomendo um dos carros-chefes da casa, o Tournedos au Moutarde, filé mignon com molho de mostarda Dijon, acompanhado por risoto de tomate-cereja. Para beber, segui a sugestão certeira do garçom Marquinhos: Antonópoulos Private Collection Red. Que bela surpresa da Grécia!

O site completo tem todas as informações de que você precisa. Bom apetite!


Fotos: Fernando Alves