Os melhores waffles e chocolates do mundo estão à sua espera


bruxelas 13

A cidade mais internacional do mundo não é Nova Iorque; é Bruxelas, a capital da Bélgica. Bruxelas é um destino turístico que vale a pena conhecer, não só pelos chocolates, mas também por outras atrações. Um ou dois dias são suficientes, pois a cidade não é tão grande. 


 

bruxelas1


Um dos primeiros locais a visitar poderia ser o ícone da cidade de Bruxelas, o Atomium (fotos 1 e 2). Impressiona pela sua beleza arquitetônica com aparência futurista. Foi construído para abrigar o pavilhão de exposições da Feira Mundial de Bruxelas de 1958 (isso mesmo, há mais de meio século). Com mais de 100 metros de altura, interligando suas nove esferas com diâmetro de cerca de 18 metros, representa a estrutura de um cristal de ferro. Atualmente, abriga um museu e centros de exposições.

Outro símbolo de Bruxelas é uma pequena escultura de bronze chamada Manneken Pis (Petit Julien, em francês), de cerca de 60 centímetros, representando a imagem de um menino urinando, confeccionado em 1619. A estátua é vestida diversas vezes durante a semana com roupas diferentes, para homenagear diferentes países (na foto 3, a homenagem é para os Estados Unidos).

 

 

bruxelas2

Bruxelas é a capital oficial da Bélgica, mas é considerada também a capital da União Europeia, pois abriga a sede do Conselho Europeu, o mais alto órgão político da União Europeia, composto por chefes de Estado ou de Governo dos países-membros (fotos 1 e 2). A Benelux, a organização econômica composta por lgica, Países Baixos (Netherland) e Luxemburgo, que que originou a União Europeia (foto 3) tem a sede na cidade. A sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) também fica em Bruxelas.



bruxelas3 

Na Grand Place, praça central de Bruxelas (fotos 1 e 2), famosa pela sua riqueza estética e histórica, localizam-se a Câmara  Municipal, a Casa do Rei e muitas outras construções históricas que esbanjam literalmente a "riqueza", com detalhes dourados. Pelo extraordinário exemplo de mistura eclética e bem-sucedida de estilos arquitetônicos e artísticos que caracterizam a cultura e a sociedade da região, refletindo a evolução e o desempenho de uma cidade comercial de grande sucesso no norte da Europa, a Grand Place foi tombada pela Unesco em 1998 e consta na sua lista de patrimônio mundial (fonte: http://whc.unesco.org/en/list/857).

Nas redondezas da Grand Place, existem diversos restaurantes que servem pratos locais e internacionais (foto 3). Não deixe de experimentar as delícias da brasserie "A la Mort Subita" (é possível sair vivo de lá, desde que não ultrapasse muito a capacidade de digestão do seu estômago).

 

 

bruxelas4

Imperdíveis são os waffles vendidos em dezenas de lojinhas, com coberturas a escolher. Não seria exagero afirmar que são os melhores waffles do mundo (fotos 1 e 2). Se você quiser outros doces belgas, é só entrar em uma das dezenas de confeitarias (foto 3).

 

 

bruxelas5

Próxima à Grand Place, você pode caminhar pelos espaçosos corredores das Galerias Reais Saint-Hubert, inauguradas em 1847. Você pode escolher a Galeria do Rei ou a Galeria da Rainha, ou ainda, a Galeria dos Príncipes. E caminhar pelos seus espaçosos corredores.

 

 

bruxelas6

No interior das galerias ou em suas imediações, você pode saborear os autênticos chocolates belgas, em estado sólido ou líquido. Saborear um chocolate feito pelo próprio criador de bombom de chocolate: simplesmente, irresistível! A Neuhaus foi fundada em 1857 por Jean Neuhaus, imigrante suíço, como uma farmácia. Jean Neuhaus Jr., seu neto, criou o bombom de chocolate em 1912.

 

 

bruxelas7

Caso queira "saborear" também um pouco de cultura, você pode visitar a Universidade de Bruxelas, comprar livros, ou ainda, visitar monumentos históricos das redondezas.



Sobre Bruxelas

 

bruxelas 8 mapa 

 

Bruxelas é a capital da Bélgica e localiza-se na região central do país. É Brussel em holandês e Bruxelles em francês. A cidade de Bruxelas foi fundada oficialmente em 979, por Duque de Baixa Lotaríngia. Ainda conserva algumas construções das épocas iniciais.

A Região de Bruxelas-Capital engloba 19 municípios, incluindo a própria cidade de Bruxelas, com população de 1.080 mil habitantes. As línguas oficiais de Bruxelas são o francês e o holandês (flamengo).

Bruxelas é uma das cidades mais internacionais do mundo: cerca de 27% da população é composta por estrangeiros. A cidade, por ser sede do Conselho da União Europeia e da OTAN, atraiu cerca de 300 representações permanentes, compostas por grupos de lobby, embaixadas e corporações. Somente a União Europeia emprega 40 mil funcionários e a OTAN, mais 4 mil.  

A Bélgica faz fronteira com Holanda, Alemanha e França, e as línguas oficiais do país são: o holandês, o francês e o alemão.

Fonte:  http://www.brussels.info

Fotos: Equipe Professornews