Especialista dá dicas de como evitar a halitose e manter a saúde em dia

Na busca de um corpo saudável ou até mesmo “sarado”, como se dizem nas academias de ginástica, muitas pessoas aliam os exercícios e dietas à utilização de suplementos alimentares para obter resultados melhores.

No entanto, a recompensa no ganho de músculos e perda dos quilinhos indesejáveis podem acarretar outro problema: o mau-hálito. Isso se deve à presença de bactérias anaeróbicas na boca (que se acumulam principalmente por causa da diminuição da saliva e da falta de higiene bucal). Essas bactérias se nutrem, entre outras coisas, de muita proteína.

“O suplemento é um alimento muito rico em proteína e, quando consumido em excesso, pode causar mau-hálito, pois as bactérias que se alimentam dessas proteínas liberam os CSV (Compostos Sulfurados Voláteis), que são os gases do mau-hálito”, diz Jacqueline Chaves Duarte, dentista responsável pela clínica Hálito Puro e membro da ISBOR (International Society of Breath Odor Research), em entrevista ao Portal Terra.

Muitos atletas fazem o consumo excessivo desses suplementos alimentares, e com isso, as bactérias se proliferam com rapidez, visto que a boca é uma grande fonte de alimento para elas. O que muita gente não sabe é que restos de comida, juntamente com os CSV, produzem a saburra lingual (placa esbranquiçada que se forma no fundo da língua), uma das principais causas da halitose.

“Quem faz o consumo desses suplementos com frequência deve beber pelo menos dois litros de água por dia e fazer uso diário do raspador de língua. O suor em excesso faz o atleta perder muitos sais minerais e água e isto pode causar desidratação e boca seca. A boca ressecada começa a descamar e essa escama acaba se depositando na língua, contribuindo também para a formação da saburra lingual”, completou a especialista.

Mesmo com esse alerta, não é necessário parar com o consumo dos suplementos, basta tomar algumas precauções de higiene, como: escovar sempre após as refeições, ingerir bastante água, usar fio dental e raspadores linguais, além de ter uma dieta balanceada.

Fonte: Portal Terra